6 vantagens de ter um software personalizado para a sua empresa!

Cada vez mais as empresas dependem de sistemas internos para a gestão do seu negócio. Afinal, quanto maior for a complexidade da operação, maior é necessidade de integração e de funcionalidades específicas nas suas soluções.

Porém, ao buscar uma solução que atenda às necessidades da empresa, uma das maiores dúvidas dos gestores é: compramos um sistema pronto de mercado ou investimos em um software personalizado para empresa?

De fato, os sistemas prontos — também chamados de software de prateleira — podem ter as suas vantagens, como um custo menor no curto prazo e um tempo reduzido de implantação. Talvez até sejam suficientes para alguns tipos de negócio com pouca complexidade.

Por outro lado, investir em um software personalizado para empresa acaba se tornando necessário, garantindo uma série de vantagens, e é disso que trataremos neste post. Confira!

1. Foco nas necessidades específicas da empresa

Essa talvez seja a vantagem mais marcante de um software personalizado para a empresa. Ao escolher essa opção, é o software que se adapta ao negócio, e não o negócio que se adapta ao software.

Assim, a escolha por um software personalizado garante que todos os processos, as rotinas e até mesmo os diferenciais competitivos da empresa sejam incluídos no sistema, sem necessidade de alteração no modelo de negócio.

O que, aliás, acontece muitas vezes com os softwares de prateleira, pois, pela sua falta de flexibilização, as empresas precisam mudar seus processos para se adaptarem à ferramenta.

2. Desnecessidade de diversos sistemas

Outra vantagem de ter um software personalizado para empresa é que ele pode se tornar praticamente a sua única solução, tendo os dados integrados de todos os setores.

Pela falta de flexibilização de muitas soluções prontas, as empresas acabam adquirindo vários softwares para setores diferentes, tendo um sistema para controle de RH, outro para financeiro, outro para produção, e assim por diante.

Então, ao desenvolver uma solução personalizada, a empresa consegue incluir todas as suas necessidades em uma única plataforma totalmente integrada. E essa integração faz com que os dados lançados em qualquer fase dos processos sejam reaproveitados — isso evita diversos erros, elimina o retrabalho e permite aos gestores terem uma visão completa do negócio, por meio de vários relatórios que podem ser gerados pelo próprio software.

3. Independência de terceiros

Ao adotar um software de prateleira, as empresas podem enfrentar ainda dois tipos de problemas. O primeiro é não ter nenhuma possibilidade de mudança ou customização da solução, o que pode travar os processos de negócio e as inovações.

A outra possibilidade é que o desenvolvedor do software permita certas customizações, mas que apenas ele as possa realizar — e, normalmente, isso tem um alto custo para seus clientes. Do contrário, ao escolher um software personalizado para empresa, as customizações costumam ser muito mais flexíveis.

Normalmente se faz um contrato de suporte de longo prazo com os fornecedores, que garantem constantes melhorias e inovações à solução. Além disso, o código fonte do software é de propriedade do cliente.

Ou seja, caso você esteja insatisfeito com o atual fornecedor, ele pode procurar outras fábricas de software para dar continuidade ao projeto e fazer as mudanças necessárias — podendo até barganhar preços e otimizar seus recursos com customizações.

4. Possibilidade de adaptações e evoluções

Falando em customizações, essa é uma outra grande vantagem de um software personalizado para empresa. Afinal, a toda hora surgem inovações, os negócios evoluem e os processos internos podem mudar com certa frequência.

Diante disso, um software personalizado permite que a adaptação ao negócio não ocorra apenas no momento do desenvolvimento, mas que a ferramenta evolua junto com os processos da empresa. Garantindo, assim, vantagens a longo prazo para o negócio.

Além disso, quando a empresa passa a se adaptar ao software, é muito comum que novas necessidades surjam com frequência — seja a criação de um novo relatório, um novo processo ou até mesmo uma nova tela de cadastro.

Quanto a isso, um software personalizado também pode ser facilmente customizado para atender a essas novas demandas dos seus usuários.

5. Economia a longo prazo

Como mencionamos anteriormente, um software pronto pode ter um custo menor no curto prazo quando comparado a um software personalizado. Mas, quando os custos são comparados a um projeto de longo prazo, esses dados podem se inverter.

De acordo com a evolução do negócio, caso a empresa necessite de constantes melhorias e customizações na solução, os serviços prestados por uma software house, que fornece uma solução fechada, podem ter um custo muito alto e comprometer o orçamento dos seus clientes.

Como nos casos de softwares personalizados, os contratos costumam ser de longo prazo, há uma garantia da evolução, melhoria e customizações com baixo custo. Ou seja, quando comparado ao longo de meses ou de alguns anos, o investimento em um software personalizado para empresa é muito mais atrativo.

6. Mais segurança para os dados da empresa

Ao escolher um software personalizado, a empresa também está adquirindo uma solução própria, desenvolvida para as suas necessidades e para funcionar no seu ambiente.

Assim, mesmo que esse software fique hospedado em um ambiente de nuvem, ele será totalmente dedicado, terá um banco de dados único e não será compartilhado com nenhum outro cliente.

Já os softwares prontos — principalmente os que são vendidos em ambientes de cloud computing — podem utilizar ambientes compartilhados, que, se não forem bem configurados pelo fornecedor da solução, podem até gerar falhas no acesso aos dados, comprometendo a segurança e a confiabilidade das informações.

Enfim, um software de gestão tem se tornado cada vez mais uma ferramenta de apoio, tanto na operação quanto na definição das estratégias de negócio.

Neste artigo, vimos algumas vantagens importantes a serem consideradas para a escolha de um software personalizado — que, sem dúvida, é a melhor opção para empresas que têm a intenção de crescer sem receio de ficarem presas a uma solução ou reféns de um único fornecedor

Após essa definição, outro cuidado importante que os gestores devem tomar é quanto à escolha da empresa que desenvolverá o seu software personalizado. É preciso garantir que essa fábrica de software tenha capacidade técnica e conhecimento de negócio, podendo, assim, criar uma solução totalmente voltada para as necessidades específicas da sua organização, desenhando os processos e aplicando as funcionalidades da melhor maneira possível.

E aí, gostou do post? Quer saber ainda mais sobre o desenvolvimento de um software personalizado para empresa? Então curta a nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as novidades sobre o assunto!