5 tendências dos softwares para empresas

As empresas que visam crescer devem melhorar os processos de trabalho de uma forma geral, abrangendo todos os setores, e utilizar as ferramentas certas para isso: os softwares. Mas o que você sabe sobre eles? Quais as inovações neste setor?

Existem algumas tendências para o uso de softwares que podem ser identificadas a partir da observação dos sistemas de gestão empresarial. É importante conhecê-las para poder incorporá-las na rotina da sua empresa e facilitar o trabalho dos funcionários e aumentar a produtividade.

Destacamos a seguir cinco tendências dos softwares para empresas. Confira!

1 – Mobilidade

A busca pela mobilidade de grandes empresas que trabalham com softwares empresariais como a SAP e a Oracle demonstra como os investimentos neste setor serão determinantes para o futuro das operações. Os dispositivos móveis estão cada vez mais presentes no cotidiano corporativo. De fato a NPD DisplaySearch aponta que em 2016 a venda de tablets será superior à de computadores no mundo, já que este recente setor da informática tem um crescimento de 28% ao ano.

2 – Na nuvem

Os softwares de ERP que ainda não operam na internet serão coisa do passado. A tendência, que acompanha a mobilidade, é que todas as informações da empresa estejam disponíveis para acesso de qualquer dispositivo móvel, de qualquer lugar. Grandes empresas do setor já investem para colocar módulos de seus ERPs online e devem ser seguidas também pelas companhias de médio e pequeno porte. O mesmo pode ser afirmado para os softwares de CRM. Dentre as empresas que impulsionam este mercado se destaca a Salesforce, que investe em softwares de recursos humanos para gestão e avaliação.

3 – Big Data

A utilização de volumes cada vez maiores de informação gerada pela sociedade, conhecido pelo termo Big Data, afetará diretamente o mercado corporativo nos próximos anos. O uso que as pessoas fazem das redes sociais como Facebook e Twitter servirá de base para a construção de dados estatísticos e numéricos. Estas informações estruturadas e não estruturadas servirão para as empresas compreenderem o mercado e os clientes cada vez mais. A “mineração” de dados será parte importante do futuro dos softwares de ERP. Não é à toa que empresas que trabalham com Big Data estão sendo avaliadas para serem adquiridas pela SAP.

4 – Códigos abertos

Os softwares de código aberto, ou open source, que permitem a colaboração em todo o mundo, também estão se transformando em uma tendência para o mercado corporativo. O framework Hadoop, que permite o processamento de grandes volumes de informação de forma distribuída, é um dos destaques. O sistema de gerenciamento de bancos de dados Mysql, que já é utilizado por milhares de empresas no mundo, é outra notoriedade quando se trata de softwares open source. Seguido pelo PostgreSQL, que ganha cada dia mais adeptos. A facilidade de desenvolvimento e a segurança oferecida por estes sistemas faz com que grandes empresas adotem softwares de código aberto, que muitas vezes também representam custos reduzidos.

5 – A ascensão do software

O mercado corporativo nos últimos anos vem investindo mais em software do que em hardwares. Isto ocorre em todos os setores da economia, inclusive na área de tecnologia da informação. O fato é que a própria Oracle deixará parte do negócio de hardware para investir em middlewares e softwares. Outro fator significativo que demonstra esta tendência é o novo iMac da Apple, que descontinuou os leitores de disco óptico. Os leitores de CD e DVD serão parte do passado junto com os disquetes. É possível que o próprio desktop desapareça nos próximos anos.

O software como serviço, ou SaaS, é outra orientação do mercado corporativo, que inova operando na nuvem e modificando as formas tradicionais de licenciamento de produtos. As empresas agora pagam pelo uso do sistema, não por suas unidades. É a verdadeira desmaterialização do hardware!

Algumas tendências para os softwares já são parte da rotina do seu negócio? Comente.