7 erros na gestão de marketing que você precisa evitar!

Na era da informação, as mudanças ocorrem de um dia para o outro, tornando tudo mais dinâmico e competitivo. O que para alguns pode ser uma tragédia, para outros — que se prepararam para o que estava por vir — representa a porta de entrada para a liderança de seu mercado.

Pode parecer que estamos falando de algo complexo, como globalização, economia e afins, mas não se trata disso. O que abordamos neste artigo é o papel da gestão de marketing na ascensão ou no fracasso dos negócios.

O marketing é uma área de estudo razoavelmente jovem, porém é uma das que mais têm contribuído para o sucesso de grandes empresas que dominam o mercado atualmente, que talvez nem soubéssemos da existência há alguns anos.

Para lhe ajudar a usar todo o potencial dessas novas ferramentas e estratégias, separamos os principais erros que todo gestor de marketing deve estar atento. Evitar cometê-los é o seu passaporte para o topo. Confira!

1. Não conhecer seus concorrentes

Ignorar quem são seus concorrentes, onde estão, como se posicionam, em que fracassam ou se destacam é um dos erros mais comuns e prejudiciais.

É essencial conhecer sua concorrência, pois é só por meio dessa análise que você consegue identificar em que posição está o seu negócio. Isso é importante para definir suas estratégias de marketing.

Se você está no topo, prepare-se para se defender dos ataques de quer tomar seu lugar. Se estiver lutando pelo primeiro lugar, a abordagem sai da defesa para o ataque. É preciso fazer melhor do que seus concorrentes onde eles se destacam e se mostrar como uma ótima opção naquilo em que eles têm fraco desempenho.

2. Não ter um público-alvo definido

Muitas empresas acabam caindo na armadilha de acreditar que apenas porque vendem água significa que seu público-alvo é formado por todos os sete bilhões de habitantes do planeta. A grande verdade é que as pessoas gostam ou precisam de diferentes tipos de água, e é preciso entender melhor cada um dos vários grupos sociais para entregar algo que chame a atenção para sua marca.

Definir seu mercado não é simplesmente estabelecer se são homens, mulheres e sua faixa etária. Você vai ter uma vantagem se entender por qual motivo os seus clientes atuais escolheram sua empresa e não as outras. Descubra onde moram, profissão, salário, se têm filhos, meio de transporte, escolaridade, suas aspirações, seus problemas diários e outras características.

Entre na mente do seu consumidor em potencial e crie ações que realmente façam a diferença no dia a dia dessa pessoa. Você vai criar, de modo muito mais eficaz, uma identificação com seu público-alvo e sairá na frente da concorrência.

3. Não investir na sua equipe

Já falamos na introdução desse artigo sobre como as coisas estão caminhando em um ritmo rápido. Desse modo, é preciso estar sempre atento às mudanças do mercado, tanto com relação ao que as empresas estão fazendo de novo quanto com a maneira como os consumidores se comportam.

Para não perder nenhum movimento e ficar exposto a um xeque-mate, faça com que seus colaboradores estejam sempre buscando novos conhecimentos que possam trazer mais benefícios ao marketing do seu negócio.

Não adianta apenas saber o que os seus concorrentes estão fazendo para depois copiar. É mil vezes mais eficaz ter profissionais competentes, capazes de colocar sua marca na frente das demais.

4. Não ter metas na gestão de marketing

O marketing tornou-se uma febre e todos os negócios que não davam a mínima para ele estão correndo atrás do prejuízo, criando seus sites, blogs e páginas nas redes sociais. Mas de que adianta sair povoando a internet se a imagem de sua empresa for pouco elaborada, e pior, sem um objetivo específico?

Marcar presença não é o mesmo que estar presente. Não cometa o erro de criar vários perfis sociais que não tenham uma meta definida. Você pode criar um blog e atrair milhares de views, mas o objetivo não é apenas ter acessos, e sim converter esses visitantes em clientes. Para isso, é preciso pensar antes em como fazer a triagem dos seus leads e de que forma guiá-los na sua jornada.

5. Não atualizar o site da empresa

Apesar de as pessoas estarem cada vez mais acostumadas a interagir com as marcas por meio de suas páginas nas redes sociais, o site oficial é uma das representações do negócio que transmitem mais confiança e credibilidade junto ao seu público.

Além disso, é provavelmente o primeiro contato de um novo cliente com a sua marca. As pessoas, quando pesquisam um produto ou uma empresa específica na internet, tendem a buscar informações com credibilidade, por isso sites oficiais são levados muito mais a sério do que perfis em redes sociais ou blogs.

Para não causar uma péssima primeira impressão, evite o erro de ignorar a página principal do seu site. Se foi criado já há algum tempo, trate de ver quais as melhores práticas visuais, buscando otimizar a experiência do usuário. Certifique-se de atualizar, sempre que houver necessidade, os dados de contato, logomarca ou quaisquer itens que possam ser úteis aos seus visitantes.

6. Atirar para todos os lados

Outro erro muito comum na gestão de marketing, principalmente em empresas que ainda não definiram seu público-alvo e desconhecem sua concorrência, é o de dissolver seus investimentos em todas as redes sociais e plataformas de anúncios do mercado.

Se você possui capital infinito, então é até possível que dê certo e sua visibilidade só aumente. Mas se há um limite para o quanto pode gastar, então o ideal é que descubra em quais plataformas suas ações de marketing surtirão efeitos mais interessantes.

Conhecendo o seu público-alvo, torna-se muito mais simples a tarefa de selecionar os locais onde você vai impactá-los com mais eficiência. Além disso, ao delimitar em quais redes colocar suas ações em prática, é possível investir um valor mais elevado e otimizar suas campanhas — inclusive com a realização de testes para identificar quais abordagens geram melhores resultados na missão de atrair clientes em potencial.

7. Ignorar a importância de tecnologia e inovações

Milhares de negócios surgem diariamente, dentre os quais uma boa parte pode oferecer produtos e serviços que concorrem diretamente com o seu. Nesse sentido, seria imprudente se você acreditasse que, por estar há mais tempo no mercado, as pessoas vão optar por não arriscar novos fornecedores.

Investir em inovações dentro da sua estratégia de marketing é essencial para manter a fidelidade dos seus clientes, demonstrando que sua empresa está em constante evolução e se preocupa em entregar o que há de melhor no mercado.

Faça uso de softwares para gestão e mensuração de resultados de marketing digital e não perca a chance de estar mais próximo do seu público, respondendo suas dúvidas ou mesmo disponibilizando um aplicativo para facilitar o seu dia a dia.

A gestão de marketing é realmente muito importante dentro de qualquer negócio. Seu papel faz toda a diferença entre estar no topo ou fracassar em um mercado muito concorrido, como vemos atualmente.

Agora que você já sabe quais os principais erros a evitar na gestão de marketing, aproveite para continuar aprendendo: curta nossa página no Facebook e fique por dentro das principais novidades!