ERP, as vantagens de criar o seu próprio

Muitos executivos e gerentes de TI confiam nas soluções pré-empacotadas de ERP (do inglês, Enterprise Resource Planning, ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial) para todos os aspectos do seu negócio, da fabricação à contabilidade. A filosofia por trás de muitos sistemas ERP é que um conjunto de ferramentas de software podem integrar rapidamente todas as áreas de administração da sua empresa.

Grandes fornecedores como SAP, Oracle e PeopleSoft oferecem ferramentas integradas para a tarefa. Enquanto muitas organizações escolhem uma destas soluções de ERP, há vantagens para a construção da sua própria aplicação por um time de desenvolvedores que atenderá adequadamente às necessidades da sua empresa.

Muitas vezes, os gestores preferem ter conhecimento institucional em profundidade de como esses sistemas funcionam e como eles interagem com as várias áreas do seu negócio do que adaptar-se a um software produzido por terceiros. Esses mesmos gestores precisam avaliar a capacidade do seu departamento de TI antes de optar por construir seu próprio sistema de ERP. Porém, todo o processo pode dar uma visão mais completa de como é a operação da empresa.

O que você deve saber antes de decidir criar um ERP

Embora seja obviamente mais rápido instalar uma suíte de ERP já embalado do que começar uma do zero, o investimento e o tempo necessário dependem, principalmente, do nível de personalização e das necessidades da sua empresa. Também convém considerar a quantidade de dados que você terá que migrar para o novo software. Para a maioria das organizações, as considerações que influenciam na decisão de construir ou comprar um ERP incluem as seguintes perguntas:

  • Sua empresa está disposta a mudar a forma como ela faz negócios para acomodar o software?

  • Você prevê muitas mudanças à medida em que o negócio cresce?

  • As funções do seu negócio fornecem uma vantagem competitiva?

Apesar de não haver uma resposta genérica para cada empresa se ela deve ou não construir seu próprio ERP, as perguntas acima irão guiá-lo neste caminho. Se você possui, por exemplo, um negócio que necessite de muitas alterações na medida em que cresce, precisará de um software que se adapta de acordo com essas mudanças. Isso poderá encarecer um modelo empacotado de software, dando uma clara vantagem ao modelo feito em casa.

Por outro lado, se o ERP não te oferecer uma vantagem competitiva muito grande, comprar um software pronto e adaptá-lo ao seu negócio a ele pode ser uma boa escolha.

Esteja no comando da criação do  ERP

A principal vantagem de se criar seu próprio ERP é o controle total que você tem de todo o software. Ao iniciar o projeto, você não apenas toma conta de todo o processo de planejamento necessário mas também decide quais características o software deve possuir. Adaptando-o para as suas necessidades durante o desenvolvimento.

O controle total do software também facilita que seus funcionários sejam treinados para ele, já que você pode consultá-los desde o primeiro dia sobre como eles acham que o ERP irá ajudar no dia-a-dia da empresa.

Adapte o ERP ao seu negócio

A segunda grande vantagem é ter um software adaptado às necessidades do negócio. Infelizmente, muitos softwares de ERP obrigam o empresário a adaptar a sua empresa para que ela se ajuste à ferramenta. Porém, para muitos outros empresários, esse é um requisito que não pode ser considerado. Dessa forma, ao optar por construir seu próprio ERP, você também decide por ter um software completamente alinhado com o seu negócio, sem features em excesso ou faltando.

Não tão importante quanto as duas características anteriores, mas ainda assim notável: construindo seu ERP você é dono do código. Mesmo que ainda muitos gestores não percebam o código como um ativo, ele é uma parte importante da sua empresa. Um software de ERP possui todos os aspectos básicos da operação e, nesse caso, se você o possui, certamente é algo que contará como um ponto positivo em caso de uma futura fusão ou venda.

Além de considerar as vantagens de criar seu próprio ERP, você precisa entender que, assim como qualquer outro software, é fundamental considerar quem irá desenvolvê-lo, ou seja, você precisa ter certeza do que sua equipe de desenvolvimento é capaz de fazer. Ou, então, precisará contratar pessoas capacitadas para isso. Feito isso, você terá em mãos uma poderosa ferramenta de controle, organização e análise do seu negócio. Um bom ERP, além de ajudar a administrar sua empresa, dará uma grande vantagem competitiva a ela.