CRM, 5 fatores para se ter em mente para escolher um

CRM ou Customer Relationship Management é um termo usado para definir o gerenciamento do relacionamento com os clientes, ou ainda, um software de gestão com foco no cliente, que integre processos, tarefas e informação de forma organizada.

Podemos considerar que o CRM atua em três áreas, gestão de marketing, gestão comercial e gestão de serviços e clientes. São estas áreas que irão alimentar o sistema, criando um banco de dados de informações. A partir daí, o trabalho é utilizar essas informações de forma adequada para processos de tomada de decisão.

Vale ressaltar, a importância de se obter informações de qualidade e confiança, do maior número de pessoas que mantém contato com sua empresa. Criando assim um banco de dados de qualidade.

O CRM pode fazer muito pela gestão da sua empresa, pensando nisso, separamos  5 dicas sobre o que se deve pensar ao escolher um CRM,. Confira:

1.    Quais as necessidades da minha empresa?

O primeiro passo ao escolher um CRM é definir quais as necessidades da sua empresa e elas devem estar relacionadas ao que os seus clientes precisam.

Pesquise o que seus clientes buscam, quais são os pontos positivos e negativos do relacionamento com a empresa. Ouça a equipe de vendas, saiba que tipo de informação é importante para acelerar os processos, aumentar o faturamento e a satisfação dos clientes. Reúna o máximo de informação possível porque antes de implantar o CRM é preciso entender e conhecer a sua própria empresa.

2.    Qual a relação da minha empresa com seus clientes?

Como é a relação de sua empresa com os clientes? Essa definição é importante, pois ela irá nortear o funcionamento do software CRM. É preciso conhecer o plano estratégico de sua empresa a médio e longo prazo, além de conhecer bem os seus clientes. Podemos estabelecer quatro tipos básicos de relação e identificar em qual a sua empresa mais se enquadra; relação baseada no preço, no produto, na necessidade do cliente, ou no valor percebido pelo cliente. A partir dessa definição deve-se desenhar um plano de comunicação com o cliente.

3.    Quem irá utilizar o CRM?

É preciso ter em mente as pessoas que irão utilizar o sistema. O CRM não é apenas um software, é também uma cultura. De nada adianta ter o melhor sistema se não existe a cultura do bom atendimento aos clientes e de obtenção de informações. Não basta que apenas os líderes tenham em mente a importância da ferramenta, é preciso que todos dentro da empresa tenham o mesmo pensamento, entendam como as informações são colocadas no sistema e se preocupem em compartilhar as informações e compreender as necessidades dos clientes.

4.    Em qual nível de maturidade estão os processos da minha empresa?

Sua empresa possui processos bem desenhados e em funcionamento? Isso é essencial para a implantação de um CRM. Se isso ainda não é realidade em sua empresa, chegou a hora de solucionar o problema. Defina os processos, delegue funções e tarefas de forma a otimizar o trabalho e adeque sua equipe aos novos processos.

5. Softwares CRM, qual devo escolher?

Existem diversos tipos de softwares CRM, dos mais simples aos mais complexos, a escolha vai depender das necessidades da sua empresa. Podemos separá-los em três grupos, os softwares de escritório (office), terceirizados ou internos.

– Softwares de Escritório

Uma planilha de Excel bem elaborada ou um gerenciador de banco de dados podem ser suficientes para coletar dados dos clientes e acompanhar solicitações. A principal desvantagem nesse caso é a falta de ferramentas de compartilhamento de informações e de comunicação e a limitação de recursos.

– CRM Interno ou Terceirizado (SaaS)

O CRM interno é mais adequado para pequenas e médias empresas e empresas recém-criadas, nesses casos o ideal é migrar para o terceirizado conforme o aumento das necessidades. CRM terceirizado, ou “SaaS” significa que as aplicações estarão em um servidor remoto, sendo acessadas através da internet. É ideal para empresas com grande número de funcionários e possibilita o controle de custos e flexibilidade, podendo ser usado em dispositivos móveis.

O CRM ajuda sua empresa a manter os clientes atuais, aumentar o faturamento, captar novos clientes e ser referência no mercado. Com essas dicas você já pode trazer essa realidade para sua empresa. E se você já implantou o CRM, compartilhe a experiência conosco nos comentários.